Redes sociais, auto estima e imagem pessoal

Quando olhamos as redes sociais, elas promovem uma falsa felicidade permanente, só exibem o que é bom e dão a entender que não há momentos ruins.

Blog da Iara: Estamos na era digital, as redes sociais estão presentes no quotidiano de praticamente todas as pessoas. Corremos o risco de comparar a nossa vida com a de outras pessoas, e isso é perigoso?

Dália: Quando a nossa auto estima não está boa, acabamos nos sentindo inadequados o tempo todo, pois a timeline dos outros nos mostra que são e têm uma rotina perfeita: viajam, frequentam festas e restaurantes, têm corpos maravilhosos, roupas e acessórios magníficos. Enquanto nós estamos de fora, lidando com a vida real.

Cada mulher é um universo. Todas nós sofremos, desde as que vestem 34 até ao 60, todas estamos insatisfeitas e é um erro acharmos que os outros não. O primeiro passo é conseguirmos entender isso e moderarmos a cobrança que fazemos de nós próprias.

Entender que gostarmos de nós não está, necessariamente, depois da dieta ou da cirurgia plástica, (não que não o deva fazer, não é esse o propósito da nossa conversa) mas sim, em se sentir bem, como é, com as suas imperfeições e particularidades e principalmente com as experiências que carrega.

Blog da Iara: Mas essa sensação de inadequação será comum a todas?

Dália: Em algum momento, sim. Entendo que a felicidade não se resume a um sentimento, ninguém consegue se manter 100% positivo e rindo o tempo todo, essa é uma expectativa irreal. Felicidade é propósito e desafio também, é fazer um desporto diferente, pintar um quadro ou praticar um hobby, buscar um diferencial no trabalho, entender o seu corpo e o que a favorece.

Nos cobramos muito e descontamos na compra de roupa nova de forma desenfreada. Abrimos o armário, está cheio de roupa e continuamos sempre com a sensação que não temos o que vestir.

Quando falamos de imagem pessoal, o amor próprio e auto estima são exercícios diários, pois temos que aprender a valorizar nossos pontos fortes e disfarçar nossas imperfeições, porque não existe corpo perfeito! Os filtros e photoshop estão aí para nos provar, a gente é humana , é vida real.

Blog da Iara: Qual a dica da especialista?

A dica é não se cobre tanto, se ame mais e isso exige comprometimento e ação.

 

ESPAÇO DE PERGUNTAS E COMENTÁRIOS

Escreva aqui a sua pergunta ou comentário.

Seu e-mail não será exposto aos visitantes deste site.


*